Strike no Youtube: golpista é condenado