Pagamentos em aplicativo: YouTube é quem mais recebe