Especialista aponta que #10yearchallenge não é tão inocente quanto parece